Peregrinos 2

........................... libertem os anjos
......................... enquanto não for tarde
..................... defendam os escravos
...................... e acendam as velas nas trevas

....................... libertem os anjos
..................... para não se perderem pelas serras de névoas
................... para atingirem a madrugada
........................ cantem
............................. lutem
.......................... vivam
............................ mesmo nos hábitos do tempo
.................... e persigam o murmúrio das ondas do mar
............................. mesmo até ao mistério da sua profundidade
........................ sempre
.......................... sem pensar

..................... sem querer chegar ao fim da eternidade
....................... © Victor José - do poema "Lémures"
● Dimensões: 1000x830 mm ● Técnica: Óleo s/Tela de linho ● Para venda ●

4 comentários:

yaleo disse...

Parabéns aos dois...
Uma pintura linda e um poema belo...
Libertem a liberdade para que o amor deixe de ser apenas um vulto.
beijo
Rosa

yaleo disse...

Olá Glória.
Visita-me e verás que Armamar está a ser um êxito, vem nos destaques do sapo o post que fala da nossa vista a Armamar assim como a tua exposição.
Beijinhos
Rosa

Anônimo disse...

..fantastica!!!tela..parabens a vi na galeaberta....parabens pl s pinceladas!!!
maria tereza

Hermínia Nadais disse...

Ah! Queridos amigos!
Que encanto de pintura... e que encanto de poema!... Extraordinário mesmo. Bjinhos para os dois,
Hermínia