Memória Eterna I


"'Deus vai por todos os caminhos.' Objecta o professor: 'Como é que Deus pode passar pelo caminho em que vivem estas crianças miseráveis, vê-las e não as ajudar?' 'Ele calou-se. Bebeu do seu vinho a lentos golos meditativos. Depois, olhou-me de novo: 'Deus é o que há de mais terrível no mundo.'' O professor ficou tão estupefacto que nem acreditou no que tinha ouvido. Daí para diante, repetiu-o muitas vezes, como se se quisesse convencer a si próprio.
Os acontecimentos são-nos incompreensíveis porque queremos julgá-los imediatamente, antes de lhes conhecermos todos os prolongamentos e consequências. Mas, para Deus, não há o 'imediatamente', não há a árvore que de súbito cai numa noite de trovoada. Há o tempo todo, todo o passado, todo o presente, todo o futuro. E é isso que é terrível. 'O mais terrível no mundo.'"

João Bernard da Costa
in crónicas Imagens Proféticas e outras
Acrilico s/tela/técnica mista/30x100cm/colecção particular.

Nenhum comentário: