Aguarela


Todo o começo é involuntário;
 Em azul desenho paisagens,
 águas frias e incógnitas.
 Dos naturais contornos retiro
 projecções lineares.
 Mergulho Invernos nus
 em árvores de teimosa folhagem.
 Perco a vista nos esbatidos céus
 que no pincel estavam guardados.
 Delicados traços vão compondo
 a vida que me alimenta o gesto,
 e acabo...
 Todo o final é voluntário...
 Ou não?

(António Patrício)

 
Aguarela s/papel 300g

Nenhum comentário: