domingo, 6 de janeiro de 2013

Na curva da saudade




Vento de Outono
Folha a folha,
tantas,
pelas mãos do vento
embaladas. Em que Outonos te perdi
quando era de Primaveras
o meu querer?


(J. António Patrício)
Técnica mista acrílico s/tela, 90x60cm

Sem comentários:

SILÊNCIO E TANTA GENTE