Pelo sonho é que vamos




Comovidos e mudos.
Chegamos, não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.
Basta a fé no que temos
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia a dia.
Chegamos? Não chegamos?
Partimos. Vamos. Somos.
(Sebastião da Gama)
Acrílico s/tela/ técnica mista/130x100cm
Uma das 30 obras presente na exposição "Silêncio efémero" - Arouca


Nenhum comentário: